Ir para o conteúdo

Andre Vieira

Tela cheia

Blog

3 de Abril de 2011, 21:00 , por Desconhecido - | No one following this article yet.

Aumentado cáncer en Gaza, debido al uso de Israel de sustancia químicas

1 de Outubro de 2012, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

90121720121002074420153.jpg
El uso de sustancias químicas en los ataques del régimen de Israel contra la Franja de Gaza ha ocasionado el aumento de casos de cáncer entre los palestinos.

El director del programa de ayuda y esperanza para el tratamiento del cáncer, Iman Shannon, afirmó que el uso de productos químicos y peligrosos que hace el régimen israelí en sus operaciones militares contra Gaza ha ocasionado el incremento de enfermos de cáncer en dicha zona.

Shannon también ha denunciado que hasta el momento 11 mil palestinos en la Franja de Gaza padecen de cáncer y un número desconocido está afectado pero todavía no ha sido incluido en la lista de enfermos del ministerio de Sanidad del gobierno electo palestino.

Según el ministerio de Sanidad del gobierno electo palestino, el régimen de Tel Aviv, en sus agresiones contra Gaza, utiliza de productos químicos que están prohibidos a nivel internacional.

La existencia de graves lesiones, mientras no se observa ninguna bala o metralla en los cadáveres de los mártires y los heridos, es otra muestra que confirma el uso de productos químicos por el régimen ocupador de Israel, aseguró el ministerio palestino.

Los residentes de Gaza, además de tales medidas brutales, sufren del bloqueo del régimen de Israel que impide a los ciudadanos de la zona ejercer sus principales derechos, entre ellos al trabajo, la salud, y la educación.

Fonte: Hispan TV




Muere un prisionero bareiní por torturas en cárceles de Al Jalifa

1 de Outubro de 2012, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

90121720121002104504403.jpg
El prisionero bareiní Mohamad Mashima ha perdido la vida como consecuencia de las torturas recibidas en las cárceles del régimen de Al Jalifa.

Mashima, quien fue condenado a 7 años de prisión por su participación en las protestas antigubernamentales, sucumbió a la tortura empleada por las fuerzas de seguridad bareiníes, ha informado este martes la agencia noticiera libanesa El-Nashra.

Refiriéndose a la continua violación de derechos humanos en Baréin, el periodista bareiní Ahmad Razi afirmó que los detenidos se enfrentan a graves torturas físicas y psicológicas en las cárceles de Baréin.

Mientras tanto, el secretario general del partido de la oposición de Baréin, Al-Wefaq, el jeque Ali Salman, pidió la creación de una oficina permanente del Comisionado para los Derechos Humanos en su país, según ha informado este martes el diario independiente bareiní Al-Wasat.

Ali Salman aseguró que, con la apertura de dicha oficina en Baréin, el régimen de Al Jalifa tendrá que cumplir con sus compromisos adoptados en la reciente reunión de Ginebra, Suiza, donde se revisó la situación de derechos humanos en el país árabe.

Al referirse a la negligencia de las autoridades bareiníes en aplicar dichas recomendaciones, so pretexto de que contradicen la Sharia (ley islámica), el líder de Al-Wefaq rechazó tales alegaciones y reiteró que esas medidas, entre ellas la apertura de la oficina pro derechos humanos y el acceso de los opositores a los medios de comunicación, no contravienen la Sharia islámica.

Al hacer hincapié en que los opositores siguen con sus protestas pacíficas, Salman puso de relieve que la nación bareiní no renunciará a su derecho de alcanzar un gobierno basado en la voluntad de su pueblo.

Desde el 14 de febrero de 2011, Baréin es escenario de manifestaciones populares que son reprimidas por las fuerzas de seguridad, secundadas por la milicia de Arabia Saudí y los Emiratos Árabes Unidos (EAU) y con el apoyo logístico de países occidentales, principalmente de Estados Unidos.

Fonte: Hispan TV




Mensagem do “MC Emicida” sobre o Programa racista Zorra Total da TV Globo

30 de Setembro de 2012, 21:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Foto: emicida.tumblr.com

De Emicida

Voltei do Jantar agora a noite e a Van, dessas moderninhas que tem televisão e tudo mais, estava transmitindo Zorra Total, Já havia visto uma vez alguma manifestação, talvez através do Geledés que aquele personagem que estereotipa a mulher negra suburbana era extremamente racista e contribuia fortemente com a desvalorização (maior ainda?!?!?) da mulher preta em nossa sociedade ( e olha que é dificil conseguir desvalorizar mais ainda a mulher negra em nossa sociedade ).

Elas Recebem menos, tem suas caracteristicas fisicas criminalizadas por uma ditadura eurocêntrica de beleza (isso se aplica aos homens pretos também), são abandonadas, representam uma porcentagem monstruosa das adolescentes grávidas e das mães solteiras, das que não conseguem um (bom) emprego e quando conseguem retornam cansadas ao sábado a noite para suas humildes casas para ser alvo de um quadro extremamente racista onde são humilhadas por um programa de humor (que nem engraçado é pra começar, Zorra total é ruim pra caralho ) no maior canal de televisão do País.
Estamos em um momento delicadissimo na história do Brasil, Discute-se sobre o Racismo na obra de Monteiro Lobato, Cria-se um Plano de prevenção a violência contra a juventude negra porém um ataque contra a Etnia que mais trabalhou por este país passa despercebido desta forma, como uma piada, o mesmo tipo de piada que foi hospederia durante todos estes séculos da doença que é o Racismo ( e só o dono da dor sabe o quanto dói ), em um Brasil que tornou crime o racismo (vitória!) mas conseguiu humilhar cada um dos que um dia tentaram denunciar algum caso de Discriminação racial (derrota!) tornando sua própria lei, uma irônica punhalada que faz o sangue preto rico em sofrimento continuar correndo invisível por nossas ruas.

Deixo aqui meu desprezo a este “humorista” que aproveita-se da triste situação em que esta sociedade doente colocou nossas mães/irmãs/esposas/amigas. E maior ainda é minha tristeza com nossos irmãos Pretos/Brancos/Indios que não conseguem identificar tamanha violência racial adentrando suas casas.

Muita Força as Mulheres Pretas, as nossas lindas Mulheres pretas!
Jamais se esqueçam de onde vem os diamantes Mulheres pretas!

Emicida

A rua é nóiz

Na foto divulgacao: a personagem “Adelaide” do Zorra Total

Emicida – Dedo na Ferida

scratchs ( pimenta nos zóio dos politicos )
Foda-se vocês, foda-se suas leis!
scratchs ( a fúria negra ressuscita outra vez )
Foda-se vocês, foda-se suas leis!
scratchs ( anota meu recado)
Foda-se vocês, foda-se suas leis!
scratchs ( primeiro eu quero que se foda )
Renan Samam, Emicida, o rap ainda é o dedo na ferida…

Vi condomínios rasgarem mananciais
a mando de quem fala de Deus e age como Satanás.
(Uma lei) quem pode menos, chora mais,
corre do gás, luta, morre, enquanto o sangue escorre –
é nosso sangue nobre, que a pele cobre,
tamo no corre, dias melhores, sem lobby.
Hei, pequenina, não chore.
TV cancerigena,
aplaude prédio em cemitério indígena.
Auschwitz ou gueto? Índio ou preto?
Mesmo jeito, extermínio,
reportagem de um tempo mau, tipo Plínio.
Alphaville foi ilusão, incrimine-os
Grito como fuzis, Uzis, por brasis
que vem de baixo, igual Machado de Assis.
Ainda vivemos como nossos pais Elis
quanto vale uma vida humana, me diz?

Foda-se vocês, foda-se suas leis!
scratchs ( a furia negra ressuscita outra vez )
Foda-se vocês, foda-se suas leis!
scratchs ( anota meu recado)
Foda-se vocês, foda-se suas leis!
scratchs ( primeiro eu quero que se foda )
Renan Samam, Emicida, o rap ainda é o dedo na ferida…

É só um pensamento, bote no orçamento
nosso sofrimento, mortes e lamentos,
forte esquecimento de gente em nosso tempo
visto como lixo, soterrado nos desabamento
em favela, disse Marighella. Elo
contra porcos em castelo
o povo tem que cobrar com os parabelo
porque a justiça deles, só vai em cima de quem usa chinelo
e é vítima, agressão de farda é legítima.
Barracos no chão, enquanto chove.
Meus heróis também morreram de overdose,
de violência, sob coturnos de quem dita decência.
Homens de farda são maus, era do caos,
frios como halls, engatilha e plau!
Carniceiros ganham prêmios,
na terra onde bebês, respiram gás lacrimogênio.

Foda-se vocês, foda-se suas leis!
scratchs (a fúria negra ressuscita outra vez)
foda-se vocês, foda-se suas leis!
scratchs (anota meu recado)
Foda-se vocês, foda-se suas leis!
scratchs (primeiro eu quero que se foda)
Renan Samam, Emicida, o rap ainda é o dedo na ferida.

Ficha Técnica:

Música: Dedo na Ferida
Artista : Emicida
Beat: Renan Samam
Scratches: Dj Nyack
Captação e Edição: Nicolas Prado
Arte: Shock
Mixagem e Masterizacão: Bruno Pompeo e Guilherme Chiappetta

Agradecimentos especiais:

Herbert do Sindicato dos metalurgicos de SJC pelas imagens internas do pinheirinho.

Dedicado a todos os focos de resistência popular que dia após dia, sofrem perante a ganância de corporações e empresários.




TVT

Registre uma url válida (Vimeo, Youtube, arquivo de vídeo)

TeleSurTV

Registre uma url válida (Vimeo, Youtube, arquivo de vídeo)

RT

HISPANTV

Registre uma url válida (Vimeo, Youtube, arquivo de vídeo)